Ligações de cobrança: como estabelecer um rapport que auxilie no contato com o cliente?

15/05/2018

Cecob

Entre tantas técnicas de negociação, você já deve ter notado a importância de conhecer e escutar o cliente. No entanto, existe uma metodologia que vai além disso: compreender o que é rapport e como utilizá-lo pode melhorar a qualidade das ligações de cobrança.

Essa metodologia foi criada para gerar sintonia e confiança durante o contato, fazendo com que a outra parte (o seu interlocutor) seja mais aberta e receptiva. O segredo dessa técnica é aplicá-la de forma direcionada, a fim de engajar o consumidor inadimplente e, ao mesmo tempo, construir um relacionamento consistente e duradouro.

O que é rapport, afinal?

Adotado por um grupo de psicólogos norte-americanos, o termo — que é originário da França — pode ser entendido como “afinidade”, “conexão” e “empatia“. Originou-se nos consultórios para aproximar pacientes e terapeutas, melhorando o diálogo e a troca de informações durante as consultas e/ou sessões.

rapport é fácil de ser percebido, pois ocorre naturalmente. Por exemplo, quando um grupo de indivíduos está conversando e há uma afinidade, todos os envolvidos se entendem de maneira harmoniosa. Portanto, podemos dizer que esse time está em rapport.

É aquela boa percepção de que “essa pessoa tem um pensamento parecido com o meu” ou “essa pessoa é igual a mim”. Quando notamos isso, imediatamente relaxamos e ficamos mais comunicativos, tanto para falar quanto para ouvir. A técnica deve ser aplicada constantemente para ser melhorada — e muitos profissionais de negócios, principalmente dos setores de vendas e cobranças já descobriram sua eficiência.

Como aplicar o rapport e fazer um bom atendimento que envolva cobranças?

#1 Ter educação e polidez, sempre

Realmente, receber uma cobrança por telefone não é uma situação agradável. Por esse motivo, é essencial que o responsável por realizar essa tarefa consiga desenvolver um diálogo sendo educado e fazendo com que o cliente se sinta o mais cômodo possível. Contudo, educação não quer dizer ausência de firmeza: é preciso tratar bem a pessoa do outro lado, sem deixar de focar o real motivo do contato, que é fazer a cobrança.

Manter o tom de voz firme, calmo e falar com naturalidade são atitudes que devem ser consideradas na hora de elaborar o roteiro para processos de cobrança. A paciência e a educação devem transparecer até o fim da ligação, com uma despedida gentil mesmo após uma conversa difícil.

#2 Conhecer o perfil do cliente 

Existem diversos perfis de clientes inadimplentes e é necessário ter um atendimento diferenciado para cada um deles. Os perfis variam conforme o tempo e o valor da dívida, com a periodicidade de inadimplência, com o período de contrato, entre outros aspectos.

Após identificar as características dos devedores, é possível oferecer alternativas diferenciadas. Por exemplo, uma condição especial para aqueles que decidem pagar o débito já no primeiro contato. Porém, não se esqueça de definir e deixar bem claro aos atendentes quais benefícios podem ser oferecidos em cada caso.

#3 Ter em mãos dados sobre o consumidor e sobre a dívida

Antes de um agente fazer as ligações de cobrança, ele precisa coletar todos os dados sobre o cliente com qual falará. Esse tipo de levantamento ajuda muito na hora da negociação. Aqui, entra também a necessidade de o call center ter as informações de cadastro sempre atualizadas, para evitar a ocorrência de contatos indesejados e mesmo oportunidades perdidas. A adaptação do sistema de discagem com CRM é indispensável, pois simplifica e agiliza esse processo.

#4 Saber se colocar no lugar do cliente 

Muita gente já passou por problemas de inadimplência, inclusive operadores. Dessa forma, a experiência deles pode ajudar na conversa se eles souberem transmitir a sensação de que compreendem a situação dos clientes e estão dispostos a auxiliá-los como podem. Sem contar que essa atitude deixa o consumidor mais aberto e propício a fechar um acordo. Saber se colocar no lugar do próximo gera confiança e segurança.

Esperamos que as informações proporcionadas ao longo deste post possam ter te ajudado compreender o que é rapport e como utilizá-lo nas ligações de cobrança. Se você ainda tem dúvidas ou sugestões sobre este assunto, comente abaixo. Aproveite também para compartilhar suas experiências!

Fonte: Blog Softium

Assuntos

Franqueados

noticias

Tags

7 dicas

,

abordagem de negociação

,

ABRH

,

abusivas

,

ação monitória

,

acompanhamento

,

advogado

,

Alexandre Azzoni

,

analista de crédito

,

android

,

anefac

,

aplicativos

,

aprovação

,

arara

,

artigo 43

,

As técnicas apropriadas de cobrança

,

assessoria de cobrança

,

assessoria financeira

,

atenção especial

,

atendimento

,

atitude

,

atrasados

,

atraso de pagamento

,

Atraso nas contas

,

automação

,

Banco Central

,

banco do brasil

,

benefícios de contar com uma assessoria de cobrança

,

Blue Numbers

,

boleto

,

boletos

,

boletos vencidos

,

bondenews

,

bônus

,

brasil

,

Brasileiro

,

burocracia

,

Caixa

,

caixa operacional

,

CallFlex

,

campanha

,

Carlos Albetos Menezes

,

carnê

,

carta

,

cartão de crédito

,

cartões

,

cartões de crédito

,

causa

,

cauteloso

,

CDC

,

cecob

,

CET

,

CHA

,

chat

,

chatbots

,

cheque especial

,

cheque revogado

,

cheque sem fundos

,

cheque sustado

,

cinco dias úteis

,

cliente

,

cliente inadimplente

,

clientes

,

CNDL

,

CNH

,

cnpj

,

coaching

,

cobrador

,

cobrança

,

cobrança de cheque judicial

,

cobrança de cheques

,

cobrança inteligênte

,

cobrança registrada

,

cobrança terceirizada

,

cobranças

,

cobrar uma dívida

,

competência

,

compras

,

compromisso

,

conciliação

,

concorrência predatória

,

confiança

,

conhecimento

,

conscientização

,

consolidação

,

constrangimento

,

consulta online

,

consumidor

,

consumidora

,

consumidores

,

contas de telefone

,

contranet

,

controle

,

corte gastos

,

CPC

,

cpf

,

crediários

,

credibilidade

,

crédito

,

crédito consignado

,

crédito e cobrança

,

crédito mais barato

,

credor

,

credores

,

crise econômica

,

CRM

,

currículo

,

datas

,

débito

,

débitos

,

decisão

,

dependentes

,

Desemprego

,

desenvolver

,

despesa de juros

,

devedor

,

Devedores do Brasil

,

devolução de cheque

,

diagnostico

,

diagrama

,

dicas

,

dignidade

,

dinheiro

,

direito

,

disciplina

,

dívida

,

dívida após falecimento

,

Dívida de consignado

,

divida líquida

,

dívidas

,

dívidas atrasadas

,

drama

,

E-Consulting

,

economistas

,

efetivo

,

efetivo pagamento

,

efetivos

,

email

,

empatia

,

empregados

,

empresa

,

empresa especializada

,

empresas

,

emprestimos

,

endividado

,

endividamento

,

enriquecimento ilícito

,

enriquecimento sem causa

,

equilíbrio patrimonial

,

equipe de cobrança

,

Erik Penna

,

estéticos

,

estilo de vida

,

estratégias

,

exibicionismo patrimonial

,

exigencia

,

expectativa

,

experian

,

falecido

,

familia

,

Febraban

,

ferramenta digital

,

ferramentas de coaching

,

FGTS

,

fidelidade

,

finaciamento bancário

,

financeira

,

financeiro

,

fluxo de caixa

,

formal

,

futuro moderno

,

Gartner

,

gastos

,

GEOC

,

golpistas

,

gratuita

,

guiabolso

,

Gustavo Cerbasi

,

habilidade

,

herdeiros

,

histórico

,

horários

,

humanos

,

IBGE

,

idebt

,

IDEC

,

impopular

,

inadimplência

,

inadimplência de idosos

,

inadimplente

,

inadimplentes

,

inadimplentes ansiosos

,

indadimplente

,

inevitável

,

inteligência artificial

,

interesse

,

Ione Amorim

,

ios

,

Ipea

,

IPTU

,

Itau

,

Ivone Zeger

,

Jefferson Frauches Viana

,

José Luiz Rossi

,

Kaoru Ishikawa

,

legítima

,

lei do cheque

,

liberado

,

limitações

,

limites

,

Limpar o nome

,

liquidez

,

lógicas

,

longo prazo

,

mau pagador

,

médio prazo

,

medo

,

medo de cobrar

,

mensalidade escolar

,

mercado

,

metas

,

michael jackson

,

millennials

,

Minas Gerais

,

morte

,

Nancy Andrighi

,

negligente

,

negociação

,

negociação avançada

,

negociação de dívidas

,

negociar dívida

,

negócio

,

news

,

nome limpo

,

nome sujo

,

Nordeste

,

noticias

,

novidades

,

novo governo

,

ocasional

,

opções

,

Orçamento familiar

,

organização

,

Otimismo

,

pagamento

,

pagamento de boletos

,

pagamentos

,

pagosim

,

patrimonio

,

pequenas empresas

,

PIB

,

planejamento financeiro

,

planilhas financeiras

,

plano

,

plano de cobrança

,

Plano de gestão

,

plataforma

,

poder judiciário

,

população

,

praça

,

praticidade

,

prazo

,

prazos

,

precauções

,

precedentes

,

Private Label

,

procedimentos

,

profissionais

,

profissional

,

Profissionalização do Serviço

,

protestosp

,

publicações

,

quitação

,

racinais

,

Rafael Moura

,

rapport

,

realidade

,

receber

,

recovery

,

recuperação

,

recuperação de crédito

,

recuperação de créditos

,

recuperador de crédito

,

redes sociais

,

refinanciamento

,

relação comercial

,

relacionamento

,

renda extra

,

renegociar

,

repense

,

reportar spam

,

REsp

,

revista exame

,

RH

,

robô

,

robôs

,

SAC

,

santander

,

saúde

,

segurança

,

seletivo

,

Serasa

,

Serasa Experian

,

serasascore

,

sistema

,

Sistemas TH

,

sms

,

SMS e e-mail

,

solteira

,

solução

,

SPC

,

SPC Brasil

,

stakeholder

,

STJ

,

Sudeste

,

tarefas

,

tasken

,

técnica da fração

,

tecnológicas

,

telefone

,

telemarketing

,

televenda

,

tempo

,

tempo máximo para apresentação de cheque

,

tendência

,

terceirizar

,

terceirizar a cobrança

,

TI.

,

trabalho

,

tranquilo

,

treinamento

,

Treinamento de equipes

,

validação

,

vencimento

,

vendas por telefone

,

vida financeira

,

vigilância

,

virtuais

,

voz

,

whatsapp

,


Artigos Relacionados

Ligações de cobrança: como estabelecer um rapport que auxilie no contato com o cliente?

Entre tantas técnicas de negociação, você já deve ter notado a importância de conhecer e escutar o cliente. No entanto,…

Leia mais...

Quem paga as dívidas deixadas pelo parente que morreu?

Por Ivone Zeger Existem assuntos que, por mais desagradáveis que possam parecer — angustiando o cidadão e suscitando mais dúvidas…

Leia mais...

Setor de cobranças é cada vez mais digital

Por Alexandre Azzoni, diretor da CallFlex Sistemas  De acordo com estudo da Gartner, até 2020 85% dos atendimentos serão virtuais.…

Leia mais...

A verdade sobre o trabalho do cobrador de dívidas

A função de cobrador sempre foi impopular dentro das empresas. Geralmente, cobrar é um trabalho que ninguém quer fazer. Quando…

Leia mais...